Na cadeira onde me sento, penso e teclo coisas que me vão na alma. Coisas que vou observando no dia a dia, que mexem comigo e com o meu Povo

Art. 13º, n.º 2 da Constituição
"Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual". É assim que conta na Constituição da nossa República.
25
Ago 13
protesto em lisboa frente Há embaixada da russia

De que é que a embaixada da Rússia em Portugal tem medo?

 

     Estava na minha cadeira de baloiço geminando um conto sobre um casal que derivados à crise instalada em Portugal são obrigados a divorciarem-se quando um amigo fotógrafo me telefonou com a última.

          - A Em baixada da Rússia tinha-o proibido de fotografar o seu edifício.

 

     Fiquei perplexo e quis saber mais pormenores. Julguei eu que esse meu amigo como é freelancer de fotografia, estaria a fazer um trabalho para apresentar em qualquer jornal, mas não.

     Naquele momento estava a dar-se uma acção de protesto por duas dezenas de pessoas frente à Embaixada da Federação Russa em Lisboa, mostrando repúdio pelo desrespeito a que estão a ser sujeitas as pessoas LGBT na Rússia, depois de promulgada uma lei que impede a “propaganda homossexual” naquele país.

 

     As forças da autoridade informaram os manifestantes que não era possível fotografar o edifício da embaixada e ter uma acção de protesto a decorrer naquele local.

 

     Este protesto desta sexta-feira surgiu a nível internacional de forma a ocorrer em simultâneo em várias cidades. Madrid, São Paulo, Brasilía, Rio de Janeiro são apenas alguns dos locais onde os protestos estão a decorrer no maior dos civismos não colidindo com as normas de países democráticos.

 

     A nova lei homologada na Rússia utiliza o termo “propaganda” é a forma como está a ser definida qualquer forma de visibilidade LGBT, seja ela um simples andar na rua de mão dada entre pessoas do mesmo sexo ou participar numa manifestação do Orgulho LGBT, entretanto proibidas naquele território. O incumprimento da lei pode levar ao pagamento de multas e detenções.

 

     A contestação perante tal lei é tem o repúdio de várias figuras públicas internacionais estão a abordar o tema, desde a actriz Tilda Ewinton ao presidente dos Estados Unidos, passando pelo protagonista da série Prision Break

 

     Com os Jogos Olímpicos já marcados neste país para 2014 está a decorrer Online ao qual me associo uma campanha de boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi. Esta campanha pretende que o evento não se realize neste local enquanto não estiverem assegurados os Direitos das pessoas LGBT naquele país. Outra forma de protesto está a ser o boicote aos patrocinadores mundiais desta iniciativa bem como aos produtos e serviços russos.

 

     Entretanto, várias associações e colectivos de defesa dos Direitos LGBT então a convocar para o dia 8 de Setembro uma nova manifestação no mesmo local, associando-se Lisboa a várias cidades mundiais pelo respeito dos Direitos Humanos na Rússia.

 

     Lembremo-nos que após a saída desta lei têm acontecido vários episódios de ataques violentos a cidadãos LGBT na Rússia, como o ataque brutal a uma pessoa transexual esta semana ou um jovem que morreu na sequência de uma emboscada perpetrada por neonazis.

 

     Em Portugal, um país democrático e que defende os Direitos Humanos de que é que a Embaixada da Rússia tem medo?

 

   Nelson Camacho D’Magoito

publicado por nelson camacho às 07:44
sinto-me:

Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

26
27
28
29
30
31


arquivos
2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

35 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO